Rua Marechal Deodoro 357 Canoinhas-SC
Canoinhas-SC | Fone 47 3622 4444
jornaldiariodoplanalto@gmail.com

Governador em exercício assina convênio com Hospital Santa Cruz

Eduardo Pinho Moreira também participou da apresentação do projeto do desvio de trânsito pesado de Três Barras, na tarde de ontem

Bárbara Sales
Prefeito Leoberto, Pinho Moreira e Argos Burgardt assinaram convênio

 O governador em exercício de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, esteve no Centro Empresarial de Canoinhas na tarde de ontem, acompanhado dos secretários Valdir Cobalchini (Infraestrutura) e Dalmo Claro de Oliveira (Saúde), para assinar o convênio no valor de R$ 708 mil com o Hospital Santa Cruz (HSC) e apresentar o projeto de desvio do trânsito pesado de Três Barras, um dos pedidos da MWV Rigesa para levar adiante seu projeto de expansão.

Em seu pronunciamento, o Secretário de Desenvolvimento Regional de Canoinhas e presidente do Hospital Santa Cruz, Argos José Burgardt destacou a importância do convênio para a manutenção do hospital e ressaltou as dificuldades de administrar a entidade com a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). “Os valores repassados pelo SUS através do governo federal são deficitários. Há anos não são corrigidos. Além disso, com a redução do IPI, um valor significativo deixa de ser arrecadado pelo município, e com isso, a prefeitura deixou de repassar a verba que repassava todos os meses ao hospital”, declarou.
Segundo o secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, o governo do Estado quer proporcionar às microrregiões mais  assistência na área de saúde. “Sabemos da dificuldade de administrar o hospital, ainda mais um hospital que é referência para toda a região e que cada vez mais se moderniza e se aperfeiçoa, gerando uma produção excedente. Já estamos trabalhando para habilitar o Hospital Santa Cruz em ortopedia de alta complexidade”, afirmou.
 
DESVIO
Durante a reunião, a empresa Sotepa apresentou o projeto de desvio de trânsito pesado na cidade de Três Barras, que visa a execução do desvio perimetral do município, na extensão de 3,4 km com execução em concreto asfáltico usinado à quente.
Na apresentação, o engenheiro civil e diretor de projetos da Sopesa, Ademir Elias Machado, explicou que o desvio inicia próximo a ponte do Rio Negro, na divisa entre Três Barras e São Mateus do Sul , no Paraná, e termina na rotatória de entroncamento da SC-303, com a avenida Rigesa. O valor estimado do projeto é de quase R$ 15 milhões.
“Essa obra é muito necessária. O crescimento da Rigesa vai adicionar ao trânsito centenas de caminhões e é preciso dar estrutura para isso”, destacou o secretário de Estado de Infraestrutura, Valdir Cobalchini.
O governador em exercício Eduardo Pinho Moreira destacou o crescimento da região de Canoinhas e que é preciso mudanças na maneira de pensar do governo. “Se pegar a região de Florianópolis indo até Blumenau e passando por Joinville, tem tudo ali. Portos, aeroportos internacionais e universidades. Ali tem oportunidades que as outras regiões não têm. Precisamos colocar em prática projetos para mudar isso. Vocês podem não perceber, mas eu que venho esporadicamente aqui vejo o quanto a região de Canoinhas cresceu e se desenvolveu. Essa região tem todos os ingredientes para se tornar uma das melhores do Estado”, finalizou.

Imagens




Sem título.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina